CDL CG busca solução para prédio da antiga rodoviária da Capital e cria comissão

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande – CDL CG decidiu buscar solução definitiva para ocupação do prédio da antiga rodoviária da Capital. Para isso realizou reunião com empresários interessados em ir para o local e proprietários de salas.

 

Na reunião, os empresários expressaram suas dúvidas em relação ao local, especialmente com a parte que cabe à Prefeitura de Campo Grande. “O prédio tem ótimos atrativos, fica na área central, é grande, faz parte da história de Campo Grande, porém sem definição da Prefeitura, não é possível que os proprietários façam investimentos em melhorias. É preciso que o poder público dê uma solução definitiva para a parte que lhe cabe”, afirmou Heloisa Carvalho Cury, uma das proprietárias de salas no local.

 

O presidente da CDL CG, Adelaido Vila, afirmou que a entidade vai intermediar a questão junto ao poder público, cobrando soluções e buscando parcerias para que o local seja revitalizado. “Nosso papel, enquanto entidade representativa do comércio da capital, é defender os empresários e promover o desenvolvimento do setor varejista, para isso vamos buscar soluções, parcerias e projetos para que aquele espaço, que tanta importância já teve em nossa cidade, volte a ser um polo de prosperidade em Campo Grande”, afirmou Adelaido.

 

Na reunião foi criada uma comissão, capitaneada pela CDL CG, que, entre outras ações, buscará uma agenda com o prefeito de Campo Grande, Marcos Trad, para definição do que será feito, e em qual prazo, com o espaço que pertence ao município.

 

Foto: Valdenir Rezende