Procon Estadual autua farmácia em Campo Grande por colocar à venda produtos vencidos há mais de um ano

Diligência realizada por equipe da Superintendência para Orientação e  Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social Trabalho – Sedhast, juntamente com integrantes da Vigilância Sanitária, em  farmácia localizada na rua Engenheiro Paulo de Frontim, no  Jardim Los Angeles,   detectou produtos à venda com prazo de validade expirado há mais de um ano, principalmente no que diz respeito a cosméticos.

 

Neste caso, estavam expostos à venda duas embalagens de esmaltes cujo vencimento ocorreu em junho do ano passado (2 018) além de outros exemplares do produto com vencimento em agosto do mesmo ano e janeiro, fevereiro, abril e julho de 2019. Além de esmaltes, foram encontrados, também vencidos, produtos para tratamento capilar como é o caso de relaxante, gel para massagem, fixador e creme para pentear.

 

No mesmo segmento de cosméticos foram encontrados sem informações , batons, protetor solar, pó compacto, entre outros. Em se tratando de medicamentos, vários comprimidos de ácido acetil-salisilico, também vencidos. Tanto os produtos vencidos como sem  informação foram descartados na presença dos fiscais.

 

Ainda entre as irregularidades detectadas vale citar o fato da identificação na fachada do estabelecimento não ser condizente com o  que consta na Razão Social. Por esses motivos foi expedido auto de infração e liberadas informações a respeito dos procedimentos a serem adotados de maneira que possam bem atender o consumidor.