Tecnova 2: Empresas selecionadas vão receber até R$ 200 mil para investir em inovação

Foi realizada na terça-feira (01) a cerimônia virtual de contratação dos empresários aprovados no edital Tecnova 2, que é um edital público, fruto de uma parceria entre o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação por meio da FINEP; e do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e da Fundect (Fundação de Ciência e Tecnologia).

 

O edital consiste no fomento empreendedor e tecnológico das empresas de MS, sendo assim as 10 empresas melhores colocadas no processo seletivo assinaram hoje seus Termos de Outorga que garantirão até R$ 200 mil para cada empresa desenvolver seu projeto, totalizando um investimento de R$ 2 milhões.

 

A meta é  promover  um  significativo  aumento  das atividades de inovação e o incremento da competitividade das empresas e da economia do país. Desta forma, o Tecnova 2  visa  apoiar  projetos  de  inovação,  que  envolvam significativo risco tecnológico associado às oportunidades de mercado.

 

Na abertura do evento, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; acompanhado do secretário da Semagro, Jaime Verruck; parabenizou os empresários vencedores e salientou a importância destas ações de fomento da cultura empreendedora em nosso Estado.

 

“Hoje são 10 empresas contratadas, mas sabemos que muitas mais participaram do edital, que muitas outras possuem serviços e produtos inovadores que certamente contribuirão com o desenvolvimento e com o cenário de inovação de Mato Grosso do Sul”, avalia o governador.

 

Jaime Verruck, fez questão de lembrar que Mato Grosso do Sul está sempre presente nas primeiras colocações do ranking de competitividade entre os Estados.

 

“Nas categorias empreendedorismo e inovação,  Mato  Grosso do Sul ocupa sempre posições de liderança, e isso muito se deve a programas e ações como o Tecnova, como o Centelha, com parcerias com instituições como o Sebrae, a Finep, e tantas outras”, afirma o secretário.

 

O Secretário-adjunto da Semagro e presidente do Conselho Superior da Fundect, Ricardo Sena, falou sobre como o tripé (ciência, tecnologia e inovação), também alinhado à sustentabilidade, tem sido destaque no planejamento das ações que visam o desenvolvimento do Estado. Em seguida o presidente da Finep, General Waldemar Barroso Magno Neto agradeceu a toda a equipe do Governo do Estado de MS que se empenhou para transformar o Tecnova 2 em um projeto de sucesso.

 

“É com imensa satisfação que estamos hoje aqui celebrando estas 10 empresas que a partir de agora terão um incentivo a mais para desenvolver seus projetos, produtos e serviços inovadores. A Finep atua em toda a cadeia de inovação, temos uma equipe extremamente comprometida e capacitada que não mede esforços para tirar do papel importantes ações como é o caso do Tecnova, edital este que permite o desenvolvimento de projetos na área do agronegócio, da biotecnologia, da educação, inclusive da indústria 4.0”, afirmou o general.

 

Primeira colocada no edital Tecnova 2, a empresária Lilian Tami Iguma, da Origens BRA com sede em Dourados, compartilhou com os presentes um pouco sobre seu projeto de produção in vitro de embriões bovinos e a avaliação técnico-econômica de processos de preparação de sêmen de touros nelore.

 

Por fim, o presidente da Fundect, e anfitrião do evento, Márcio de Araújo Pereira, parabenizou os empresários selecionados desejando sucesso em seus empreendimentos. “Tanto o cientista quanto o empreendedor brasileiro são verdadeiros guerreiros. E o Estado de Mato Grosso do Sul por meio da Semagro e da Fundect tem feito o seu papel, mesmo em meio a uma pandemia não paramos nossos trabalhos, sempre atrás de parcerias e de bons projetos que possam fortalecer cada vez mais nosso cenário científico, tecnológico e de inovação”, finaliza Márcio.