Dia da Árvore: ações de Educação Ambiental integram projeto MS Estado Carbono Neutro

O fortalecimento das ações de Educação Ambiental e intensificação das políticas públicas de sustentabilidade são estratégias do Governo do Estado no projeto para que Mato Grosso do Sul se torne um Estado Carbono Neutro até o ano de 2030. O destaque foi feito pelo secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) na manhã de segunda-feira (20), ao acompanhar o governador Reinaldo Azambuja no plantio de mudas de ipê em frente ao prédio da Governadoria, antecipando as comemorações do Dia da Árvore, celebrado hoje, 21 de setembro.

“A proposta para que Mato Grosso do Sul se torne um Estado Carbono Neutro surgiu em 2016 e envolve um conjunto de ações do Governo do Estado, implementadas por meio da Semagro e seus órgãos vinculados, em integração com as entidades do setor produtivo e demais segmentos para a adoção de políticas públicas de sustentabilidade, que envolvem desde o monitoramento de emissões, ao fomento às boas práticas de produção e também passam pelo fortalecimento das ações de Educação Ambiental, como esse plantio de mudas de árvore”, comentou o secretário Jaime Verruck.

O titular da Semagro lembra que “há poucas semanas aderimos à campanha internacional Race to Zero, se alinhando com a proposta de atuação dos Governadores pelo Clima. Além disso, lançamos edital da Fundect, no valor de R$ 4 milhões para o financiamento de pesquisas relacionadas ao Programa MS – Estado Carbono Neutro. Estamos nos preparando para uma mudança de paradigma econômico e ambiental, a fim de promover o desenvolvimento sustentável com o equilíbrio entre o econômico, o social e o ambiental”, finalizou Jaime Verruck.

Arborização Urbana

 

Em 2020, a Superintendência de Meio Ambiente e Turismo da Semagro apresentou o roteiro para elaboração do plano municipal de arborização urbana. O objetivo é subsidiar os municípios a elaborar seus planos, importante para planejar de modo integrado o desenvolvimento para cidades mais sustentáveis. Cada município deve apresentar seu plano ao Conselho municipal de Meio Ambiente e/ou as câmaras municipais.

Em 2022, Mato Grosso do Sul será vitrine internacional sobre a importância da arborização urbana para a saúde e bem estar da população das cidades. O Estado vai sediar o XXIV CBAU (Congresso Brasileiro de Arborização Urbana), o III CIAU (Congresso Ibero Americano de Arborização Urbana) e o Congresso Infantil “Criança Verde”. O Governo do Estado, por meio da Semagro, será parceiro do evento.

“A arborização urbana é uma questão relevante no mundo inteiro e Campo Grande se destaca no Brasil e internacionalmente. Queremos disseminar esse conhecimento, apresentar quais são as espécies mais adequadas, além da importância ecológica e para o clima das cidades. Realizar um evento desse porte em nosso Estado, é fundamental”, finaliza o titular da Semagro.

Fotos: Chico Ribeiro, Subcom

 

Publicado por: Marcelo Armôa, Assessoria de Comunicação da Semagro