Semagro participa do Circuito Agro do BB para fomento do desenvolvimento regional

O superintendente de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar, Rogério Beretta, participou, ontem (2), da live do Circuito Virtual Agro 2021, etapa Centro-Oeste e Norte. Com o tema “Cenários e Tendências do Agronegócio no Mato Grosso do Sul”, Beretta apresentou informações sobre políticas públicas e ações e programas governamentais para ampliar o potencial do agronegócio no Estado.

 

Beretta destacou os investimentos do Governo do Estado em logística e infraestrutura, incentivos para as iniciativas estratégicas voltadas à sustentabilidade, a exemplo de estímulo à energia renovável e alternativas, carbono neutro, recursos hídricos e produção orgânica, além de ampliação dos serviços e práticas ambientais e a forma como vem trabalhando as políticas públicas em parceria com a iniciativa privada.

 

Na primeira parte da apresentação ‘Mato Grosso do Sul: Estado carbono neutro’ o superintendente trouxe um olhar sobre o futuro do agronegócio no Estado, destacando as ações em andamento em torno das metas estabelecidas no ‘Acordo de Paris’ para redução da emissão de gases de efeito estufa, e o que está projetado para ser realizado nos próximos anos. “Trabalhamos numa busca constante de adoção de políticas públicas que levem ao desenvolvimento sustentável de todos os setores”, completou.

 

O Superintendente apresentou os programas governamentais, destacando os que foram reformulados na atual gestão e detalhou cada um deles, alcançado o setor produtivo como um todo e deixando evidente a importância das parcerias com as instituições que representam cada atividade.

 

NA segunda parte de sua apresentação, Beretta destacou o ‘Projeto Estratégico Estado Carbono Neutro’ pontuando entre as principais ações: Analise CAR – adequação ao código florestal; Programa de conservação de solo e água; Carne carbono neutro e Carne de baixo carbono; Práticas agrícolas sustentáveis em MS, Desmatamento ilegal Zero; Energia sustentável (biomassa de eucalipto e cana-de-açúcar, biogás).

 

Ao falar das políticas públicas para sustentabilidade Beretta destacou o pioneirismo do Estado na execução de programas que remuneram o produtor agropecuário por boas práticas e sustentabilidade que são o PDAgro, Leitão Vida, Precoce MS e o Carne Sustentável e Orgânica do Pantanal.

 

O encontro on-line foi coordenado pelo superintendente estadual do Banco do Brasil, Marcel Figueiredo, com participação do superintendente Pessoa Física, Fabricio Casali Reis, e palestra do superintendente de Ciência e Tecnologia da Semagro, Rogério Beretta.

 

“Trazer as condições oferecidas pelas tradicionais feiras agropecuárias nacionais para um ambiente virtual mostra que o Banco do Brasil vem evoluindo com o produtor rural. Há uma demanda crescente por produtos financeiros, com espaço para o avanço do setor, por meio da ciência e sucessão familiar, reforçando a importância das parcerias, como esta, demonstrada nesta live com a Famasul e o Governo de Mato Grosso do Sul”, avaliou Marcel.

 

“Vivemos um período de desafios em todos os setores. No campo, o cenário é positivo, pois o produtor rural vem sendo protagonista em alavancar a economia sul-mato-grossense, sendo referência em sustentabilidade e inovação. Há um entendimento de que estamos vivendo uma transformação tecnológica no campo, sendo assim, fundamental o desenvolvimento de ambientes para que possa investir cada vez mais no campo”, ressaltou Fabrício Casalli.

 

Circuito Virtual Agro 2021 –  Tem como objetivo movimentar a economia dos estados seguindo os mesmos moldes das tradicionais feiras agropecuárias desenvolvidas em todo o país. Teve início em março, pela região Sul. O movimento é dividido em cinco etapas e seguirá com programação especializada até o fim do ano, em ambiente virtual.

 

Nesta segunda etapa, para o Centro-Oeste e Norte, o circuito acontece de 24 de maio a 11 de junho. A live pode ser assistida na íntegra em https://broto.com.br/lives-e-palestras