Dourados: Senai vai auxiliar instalação de 1ª indústria de ovo orgânico em pó do Brasil

Mato Grosso do Sul terá a 1ª indústria de ovo orgânico em pó do Brasil. Trata-se da Ovox Brasil, que será construída em Campo Grande (MS) e terá suporte do IST Alimentos e Bebidas (Instituto Senai de Tecnologia em Alimentos e Bebidas), localizado em Dourados (MS), no desenvolvimento do planejamento estratégico, com definição da capacidade produtiva, até o processo de spray dryer, que consiste na secagem de diferentes produtos líquidos utilizando uma corrente de ar quente controlada até que esse produto se transforme em pó.

 

Segundo o gerente do Senai de Dourados, Rogério Mattos, já existem algumas empresas que fabricam ovo em pó no Brasil, mas ovo orgânico em pó ainda não. “É um produto inovador e para nós é motivo de orgulho ser procurado por essa empresa para auxiliarmos em todo o projeto industrial, do planejamento até o produto finalizado. Isso reforça nossa expertise em tecnologia e inovação e nossa missão em oferecer soluções para apoiar o desenvolvimento da indústria de Mato Grosso do Sul”, afirmou.

 

A coordenadora do IST Alimentos e Bebidas, Maria Carolina Silva Pego, explicou que a principal vantagem do ovo em pó está no tempo de validade, que pode chegar a um ano, enquanto o ovo in natura precisa ser consumido em no máximo 28 dias. “Além disso, o ovo em pó não é comum na culinária doméstica, mas na culinária industrial ele é muito útil para padronizar a produção de forma mais eficaz porque o tamanho do ovo pode variar conforme espécie. E também a fábrica ganha em armazenagem”, destacou.

 

Ela ainda reforçou que a composição do ovo em pó é a mesma do ovo in natura. “No processo de spray dryer, nós retiramos a água, então na hora de utilizar o produto em pó, é preciso acrescentar um pouco de água. Para a realização desse processo, o ovo é pasteurizado para ser desidratado. Ao final, quando se torna pó, ele é embalado, geralmente em latas semelhantes às utilizadas para armazenar leite ninho”, detalhou.

 

Ainda conforme Maria Carolina Pego, a empresa Ovox Brasil já é cliente do Senai há alguns anos. “Quando a empresa ainda era apenas produtora de ovos, fomos procurados para auxiliá-los no controle de qualidade para certificação da Iagro. Agora, quando decidiram implantar a indústria, nos procuraram novamente e para nós do IST Alimentos e Bebidas é motivo de muita satisfação, porque estamos fidelizando o cliente e mostrando com que nosso trabalho vai além de serviços de metrologia, mas também envolve diversas consultorias em diferentes áreas”, completou.

 

O empresário Marcos Roberto Ferreira de Rezende relatou que a ideia de instalação de uma fábrica de ovo orgânico em pó surgiu principalmente para ampliar o tempo de validade do produto e, assim, poder buscar novos mercados. “Basicamente o tempo de prateleira foi o maior motivo para que investíssemos nesse novo produto, mas também é mais fácil de transportar e de armazenar, sem perder nenhum dos nutrientes e continuar oferecendo um produto de qualidade para os nossos clientes”, ressaltou.

 

Para ele, o Senai é um parceiro fundamental desde quando iniciou a granja Pocó, onde são produzidos os ovos orgânicos. “Quando pensei em montar uma indústria, não pensei duas vezes e nem cheguei a procurar outras opções. Vim direto ao Senai porque é uma instituição de referência em tecnologia, com uma equipe técnica altamente qualificada e que sempre apresentou excelentes soluções para as minhas demandas”, finalizou.