Novos laboratórios no campus da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul auxiliam programa de bioeconomia

Projetos de ciência, tecnologia e inovação realizados em Mato Grosso do Sul contam agora com um novo complexo de laboratórios. Foi inaugurado ontem (18), o prédio de três laboratórios de Pesquisa na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems).

A obra dos laboratórios de microscopia, botânica e ictiologia da Uems de Mundo Novo recebeu investimento de R$ 442.708,30, recurso de contrapartida do Governo do Estado, por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) no convenio BIOECONOMIA – Novo Paradigma de Desenvolvimento para Mato Grosso do Sul, em parceria com Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC/FINEP.

 

O investimento vai beneficiar cerca de 400 acadêmicos dos cursos de ciências biológicas e técnicos ambientais existentes do campus. Os laboratórios serão utilizados para o uso dos atuais alunos e próximos cursos.

 

De acordo com o secretário Jaime Verruck, da Semagero, “o programa de Bioeconomia é fundamental para um objetivo estratégico do Governo, que é o de utilizarmos a biodiversidade para criar uma nova base econômica para o Estado. Laboratórios como esses permitem que o meio acadêmico, por meio da pesquisa, nos dê suporte para avançar nessa estratégia de desenvolvimento”.