Quase 70% dos empresários devem contratar temporários, diz ACICG

 

As perspectivas para a geração de vagas temporárias estão mais positivas em 2021, segundo a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG). Um levantamento realizado pela entidade com mais de 100 empresários revela que 69,66% dos entrevistados pretendem contratar mão-de-obra para o final do ano. O percentual superou o resultado de 2020, quando o índice foi 61,76%.

 

Considerando o trimestre outubro a dezembro, a expectativa da ACICG é que sejam geradas cerca de 3 mil oportunidades de trabalho em empresas do setor terciário, que abrange atividades de comércio e serviços. De acordo com a pesquisa, a maior parte das contratações deve ocorrer durante o mês de novembro. O levantamento ainda sinaliza que, dentre as empresas que pretendem ampliar a equipe com profissionais temporários, a maior parte, ou seja, 58,88%, deve contratar até 2 pessoas e 35,29% pretendem agregar até 5 funcionários nessa modalidade. Pouco mais de 8% dos entrevistados responderam que devem contratar 7 pessoas ou mais.

 

A ACICG também investigou como está a perspectiva de contratações em relação ao ano passado. 61,96% responderam que a previsão será igual a 2020; 20,65% sinalizaram que o número é menor este ano e 17,39% dos entrevistados revelaram que estão contratando mais em 2021.

 

O presidente da Associação Comercial explica que ocupações nas áreas de vendas, atendimento, caixa, estoque e reposição de mercadorias são vagas comuns neste período.

 

“As contratações devem ficar aquecidas na segunda quinzena de novembro, mês em que muitas empresas realizam o pagamento da primeira parcela do 13º salário e se preparam para ações promocionais de Black Friday. E o comércio poderá contar com um banco de currículos de pessoas que estão sendo capacitadas pelo projeto Abre Vagas, ministrado gratuitamente pela Escola de Varejo da ACICG”, revela Renato Paniago. O curso, que teve início no último dia 3 e segue até dia 9, está qualificando candidatos para atender a demanda de mão-de-obra temporária comum nesse final de ano.

 

Realizada entre os dias 18 de outubro e 3 de novembro, a pesquisa Perspectivas de Contratações para o Fim de Ano da ACICG contou com a participação de empresários dos ramos de vestuário, eletrônicos, calçados, brinquedos, perfumaria, joias, entre outros.